Link Patrocinado

Câmeras de Celulares?!

camera de celular
É muito claro que as câmeras de celulares evoluíram, assim como todos os produtos da tecnologia evoluem. Mas será que podemos comparar a câmera de um Smartphone com um aparelho que tem todas as suas funções voltadas apenas a fotografar e filmar: as câmeras digitais? Isso é um pouco ousado, ou talvez, precipitado.

As câmeras nos celulares é uma das coisas mais práticas que já inventaram, já que o celular além de aparelho de comunicação, passou a ser um dos principais aparelhos de transferência de informações do tipo "dados digitais", logo celulares se aproximam cada vez mais dos computadores, e nada como uma câmera fotográfica ou filmadora em um computador, e ainda pequeno.

Ousado mesmo ein!? Porém, exageradas são, certas comparações feitas entre Smartphones (celular + computador + câmera) e câmeras  digitais point-and-shot ou bridges. Ainda existem aqueles que comparam câmeras de Smartphones com câmeras profissionais DSLRS. Talvez aí esteja um pecado pela falta de informação, ou falta de conhecimento prático.

A resolução é o principal dado utilizado erroneamente para comparar a qualidade entre as câmeras.

Resolução não significa qualidade. Resolução significa "Resolução", a capacidade de uma imagem ser impressa cada vez maior, é apenas o tamanho da imagem. Qualidade é um conjunto entre: balanço de cores/nuances no que toca fidelidade de cores; Nitidez, perceptível quando ampliada; Balanço do branco, fidelidade nos detalhes mesmo em branco intenso entre outras características.
 
A qualidade depende do sensor, seu tamanho e tipo, a resolução também depende do sensor.

Um celular pode ter uma "câmera de 12 megapixels". Realmente o arquivo terá 12 megapixels, mas a imagem não foi capturada com 12, porque o sensor não tem esse tamanho. Ela pode ter sido "cristalinamente" capturada com 5MP e salva "eletronicamente" com 12MP.

Só é confiável uma resolução nativa de celulares quando esses fotografarem arquivos RAW, ou seja, arquivos cristalinos, sem compactação, da lente para o sensor, do sensor para o cartão de memória. Sem modificação no arquivo.
Então, as câmeras fotográficas propriamente ditas point-and-shot ou bridge, tem possibilidade de serem mais fiéis com relação a resolução, elas não são tão compactas quanto os celulares logo seus sensores são maiores. Essa diferença fica ainda mais larga quando se trata de câmeras profissionais DSLRS.
 
Zoom

Todas as câmeras bridge tem um zoom óptico, e estes estão cada vez mais ousados. Hoje se tem no mercado brasileiro, câmeras de marcas famosas com zoom de até 12x ópticos por cerca de 500 reais. Isso está longe de se ver em Smartphones, seja ele qual for, aliás, são raros os celulares com zoom ótico.
 
O "zoom" das câmeras profissionais é algo ainda mais elaborado. Objetivas, como são chamadas, são montadas com diversos cristais, e criam uma qualidade de imagem e fidelidade de cores incomparável com os celulares, sem contar efeitos "não digitais" que podem ser criadas com elas.
 
As últimas versões do Iphone podem contar com uma tele objetiva, comprada à parte, que multiplica o alcance da captura. Vale testar o acessório e verificar sua qualidade, ainda assim fica devendo os outros quesitos como velocidade de obturador e flash.


Velocidade de obturador

A velocidade de captura de imagens das apenas "câmera fotográficas" são mais rápidas, primeiro por causa do processamento de imagem, segundo por causa da qualidade dos obturadores e dos motores que neles existem. Na verdade a maioria dos Smartphones não tem motor nem obturador, é necessário um intervalo considerável entre uma foto e outra.

Flashes

Outro grande motivo para o intervalo entre os clicks sã os flashes.
Os flashes dos celulares são precários e insuficientes para cenas de baixa luminosidade. Os flashes das câmeras digitais point-and-shot são melhores e o intervalo do ciclo de energia é menor, possibilitando clicks mais rápidos e precisos, além de terem um papel fundamental na qualidade da imagem.
Flashes profissionais podem lançar sua luz muito longe e para qualquer direção. Funcionam também fora da câmera através de sistema de rádio já contido, tornando infinita as possibilidades artísticas.

Síntese

Os celulares são legais, práticos, tem uma qualidade de imagem até surpreendente, mas é surpreendente para um celular. Não é surpreendente para uma câmera bridge. Talvez a forma que a imagem é exibida seja mais apresentável. Ora, você ver uma imagem em uma tela de 4.7" AMOLED é bem melhor do que visualizá-la em uma tela de 3" LCD.

As câmeras dos Smartphones mais desenvolvidos, geram boas imagens com uma boa luminosidade, e com o objeto estático, como pessoas pousadas, porém se formos por exemplo, fotografar alguém dançando o estabilizador que neles constam certamente será insuficiente, e terás uma imagem trêmula.

Novas invenções aproximam os Smartphones da Câmeras Bridges, mas para isso se tornar efetivo, ainda requer um tempo...

zoom para iphone


Camera de celular vs camera bridge

Escrito por: Renato Rios (Escola de Designer)

Nenhum comentário:

Postar um comentário